Como descartar poliuretano

Como descartar poliuretano de esponjas, espumas e outros produtos? Será que ele pode ser reciclado para não prejudicar o meio ambiente? A seguir explicaremos as melhores formas de descarte do poliuretano, se ele pode ser reaproveitado para outras coisas ou não.

Como descartar poliuretano

O plástico poliuretano é um plástico termorrígido, os termorrígidos possuem rigidez que não altera com a temperatura, ao chegarem à uma certa temperatura, ao invés de amolecerem eles se fundem, decompondo, não sendo possível sua remoldagem.

Sua reciclagem é apenas possível se for realizada mecanicamente ou quimicamente. As duas maneias são custosas, por isso são difíceis de encontrar postos que fazem este tipo de serviço no Brasil, sendo mais fácil encontrar de reciclagem mecânica.

No caso da reciclgem mecânica de poliuretano, ele é incorporado em outros produtos quando possível, por exemplo, esponjas de poliuretano podem ser incorporadas para criar amortecimento em base de carpetes, tapetes e outros produtos. Em outros casos o pó da espuma moída pode ser misturado com mais poliuretano virgem para ser utilizado na criação de novas peças.

Como descartar poliuretano
Como descartar poliuretano? Pode reciclar?

No caso da reciclagem química o poliuretano passa por glicólise que pode originar polióis que mantêm propriedades e funcionalidade originais podendo ser aplicado em vários produtos. Ou pode ser feita pirólise para criar gás e óleos.

Caso tenha muita quantidade de esponja ou espuma que ainda podem ser reaproveitados, procure algum local para fazer doação. Às vezes as pessoas podem reaproveitar o produto em outras coisas. Não conseguindo encontrar, procure o posto de reciclagem da sua cidade para saber se aceitam este tipo de produto.

Evite ao máximo jogar no lixo comum que é levado para o aterro sanitário. O poliuretano leva centenas de anos para se decompor, prejudicando o meio ambiente.

Deixe um Comentário