Como descartar notas fiscais

Como descartar notas fiscais? Preciso destruir para jogar fora, tem algum perigo? Será que podem ser recicladas? A seguir explicaremos sobre o descarte consciente de notas fiscais e evitar ao máximo a destruição do meio ambiente.

Como descartar notas fiscais

É importante lembrar que, de acordo com lei, empresas precisam guardar as notas fiscais por 5 anos. Não importa se foi emitida ou recebida.

Já no caso de pessoa física, deve guardar durante a vida útil do produto/serviço, mesmo após o término da garantia contratual, pois pode aparecer vícios ocultos (se ocorrer algum processo, você não terá direito a ressarcimento). No caso de notas fiscais de mercado e lojas, é recomendado guardar por um mês. Se consumir algum produto estragado e tiver problemas, guarde a nota fiscal por cinco anos, pois você pode entrar com ação pedindo indenização na Justiça.

Por isso a melhor solução tanto para empresa quanto para pessoa física é emitir a nota fiscal eletrônica, assim não causa acúmulo de papel.

Como descartar notas fiscais
Como descartar notas fiscais, é reciclável?

As notas fiscais emitidas em papel comum como costumam vir as notas fiscais de produtos comprados pela internet, você poderá descartar junto com papéis comuns para reciclagem. Somente em caso de informações sensíveis, primeiro rasgue o papel por completo usando trituradora, e depois coloque com o lixo de reciclagem.

As notas fiscais emitidas em papel térmico não são recicláveis e apagam com o tempo, você deve sempre tirar uma foto para guardar. Os papéis térmicos não podem ser reciclados, pois possuem em sua composição uma substância nociva à saúde chamada bisfenol (BPA), sendo prejudicial tanto ao homem quanto aos animais. Portanto você deve colocar dentro de uma sacola plástica que não seja biodegradável e enviar para o aterro sanitário para ser enterrada. Assim irá evitar ao máximo que entre em contato com o solo.

O recomendado é que nem os comerciantes utilizem mais este tipo de nota fiscal pois trazem muitos problemas para o meio ambiente.

Deixe um Comentário