Como descartar óleos essenciais

Como descartar óleos essenciais? Será que posso reciclar o potinho para não jogar no lixo comum da casa? Neste post falaremos um pouco sobre o descarte consciente de óleos essenciais, se tem algum perigo para o meio ambiente.

Dicas para descartar óleos essenciais

Os óleos essenciais são a essência de uma planta criada pela destilação a vapor, prensagem a frio ou extração do CO2. Eles são hidrofóbicos e não dissolvem na água, de maneira nenhuma. Além disso são mais leves que a água, ou seja, acabam flutuando nela. Por isso não é recomendado jogar restos de óleos essenciais vencidos ou estragados pelo ralo, pia ou vaso sanitário. Ele não irá dissolver na água e poderá contaminar tanto o solo quanto a água, trazendo prejuízos para flora e fauna local.

Além disso, por ser um óleo, pode causar entupimento da tubulação, como acontece com outros tipos de óleos. Ele vai ficando preso no encanamento, e com o tempo causa entupimento.

O recomendado é verificar com o posto de reciclagem de óleo da sua cidade. Eles poderão fazer o descarte correto com tratamento químico. Se não souber onde ficam os postos de reciclagem, entre em contato com a prefeitura, pois eles costumam ter o cadastro destas empresas.

Às vezes a própria empresa responsável pela coleta de lixo, pode informar onde deve ser realizado o descarte do óleo.

Como descartar óleos essenciais
Dicas para descartar óleos essenciais

Não havendo outra opção de descarte, coloque dentro de garrafa pet e deixe junto ao lixo comum para ser levado ao aterro sanitário. Colocando dentro da garrafa, você estará apenas postergando o inevitável, que é a contaminação do solo. Por isso faça esse processo apenas se não tiver outra maneira de descartar o óleo essencial.

No caso dos potinhos de vidro ou plástico, estes podem ser lavados deixando de molho na água com sabão. Depois enxágue e seque. Caso fique com muito cheiro, coloque álcool dentro, deixe algumas horas depois lave novamente. Você pode reutilizar os potinhos para guardar outras coisas no futuro. Se não pretende utilizar, separe-os com os lixos de plástico ou de vidro, que serão levados pela coleta de reciclagem.

Deixe um Comentário