Como descartar secador de sapatos

Como descartar secador de sapatos e luvas? Devem ser jogados no lixo comum ou será que podem ser reciclados? Neste post falaremos um pouco sobre o descarte consciente de secadores de sapatos e luvas, sempre pensando na melhor maneira para não prejudicar o meio ambiente.

Dicas para descartar secador de sapatos

Muitas pessoas não conhecem, mas existe secador para sapatos e luvas, também conhecidos como aquecedores. São produtos eletrônicos que sopram calor para dentro dos sapatos ou do produto que estiver secando. Também funciona como um desodorizador e esterilizador. É bastante utilizado por atletas, times de futebol e outros esportes, para secar mais rapidamente os calçados utilizados.

Normalmente esses secadores de sapatos não devem ser jogados no lixo comum, pois possuem partes de plástico, metal e circuitos eletrônicos. Alguns possuem tomada para conectar na energia, outros possuem baterias. Vão demorar centenas de anos para se decompor no aterro sanitário, podendo causar prejuízos para gerações futuras com enchentes e contaminação do solo.

Portanto o recomendado é procurar a reciclagem de produtos eletrônicos da sua cidade. Como nem todas as cidades do Brasil possuem este tipo de reciclagem, recomendamos entrar em contato com a prefeitura da cidade onde você mora. Eles possuem cadastro destes tipos de empresas.

Existem empresas de reciclagem de eletrônicos em alguns estados brasileiros. Um exemplo delas é a Samsung, que faz reciclagem de vários produtos eletrônicos, não só de celulares e notebooks. Você pode encontrar posto de coleta nesta página oficial. A GreenEletron do interior de São Paulo, é outra empresa que faz este tipo de serviço.

Como descartar secador de sapatos e luvas
Dicas para descartar secador de sapatos e luvas

Você pode procurar no Google colocando na busca algo como “reciclagem de eletrônicos CIDADE ESTADO” (sem as aspas), alterando CIDADE e ESTADO pela cidade e estado em que você mora. Ou coloque o nome de alguma cidade próxima à sua.

Se o secador estiver funcionado, doe para alguém que possa utilizar até que não seja mais possível. Outra dica é doar em assistências técnicas ou locais que fazem conserto de eletrônicos. Muitas dessas lojas aceitam os aparelhos para revender. O mais importante é evitar ao máximo o descarte no aterro sanitário.

Deixe um Comentário