Como descartar fluido de transmissão e direção hidráulica

Como descartar fluido de transmissão e direção hidráulica? Deve ser jogado no lixo comum de restos de alimento? Ou será que este tipo de fluido/óleo lubrificante pode ser reciclado para nova utilização? Neste post falaremos um pouco sobre o descarte consciente de fluidos/óleos lubrificantes utilizado na transmissão e direção hidráulica, pois são os mesmos.

Dicas para descartar fluido de transmissão e direção hidráulica

O principal que todas as pessoas devem saber, é que os fluidos de transmissão ou direção hidráulica não devem nunca ser jogados pelo ralo de pias, banheiros ou pelo vaso sanitário. Além de poderem estragar a tubulação retendo alimentos e causando entupimento, eles podem contaminar o lençol freático, poluindo fauna e flora local. Pode formar um filme sob às águas, impedindo que os animais e plantas do local absorvam oxigênio.

Como descartar fluido de transmissão e direção hidráulica
Dicas para descartar fluido de transmissão e direção hidráulica

O recomendado para os fluidos de transmissão/direção hidráulica é que sejam levados para reciclagem, para serem recuperados e reutilizados. Tanto o recipiente quanto o fluido podem ser reciclados. Portanto se os potes desses fluidos estão na sua casa, você pode procurar um posto de coleta de reciclagem de óleos automotivos. Se possível não retire da embalagem original e deixe bem fechado. Caso o recipiente original esteja corrompido, coloque em uma garrafa ou pote que tenha tampa, para não ocorrer vazamento.

Se não souber onde ficam os postos de coleta onde você mora, entre em contato com a Prefeitura, normalmente eles possuem cadastro desses tipos de empresas.

Caso a sua cidade não possua este tipo de reciclagem, pois não é tão comum de encontrar no Brasil, você pode verificar nos postos de combustíveis ou oficinas mecânicas. Talvez eles aceitem receber o produto, e possam fazer o descarte correto para você. Esses serviços costumam possuir contrato com empresas especializadas no rerrefino do óleo, para cumprir com a resolução do Conama. Um exemplo é a Lwart Soluções Ambientais localizadas nos Lençóis Paulista, estado de São Paulo.

Mesmo embalagens vazias devem ser enviadas para reciclagem correta. Evite lavar, para não cair óleo lubrificante na tubulação. Nunca reutilize essas embalagens vazias.

Esses tipos de fluidos não são tóxicos como ocorre com os fluidos de freio. Mas mesmo assim é bom evitar o contato com a pele, pois pode causar obstrução dos poros, levando ao aparecimento de acne e foliculite. Se entrar em contato com a pele, lave com bastante água e sabão. Se a pele ficar irritada ou com alguma alergia, procure assistência médica. A ingestão destes tipos de óleo podem causar náusea, vomito e diarreia. Quando aquecido ou em chamas, pode liberar o gás H2S, que é extremamente tóxico.

Deixe um Comentário