Como descartar vidros de remédios

Descartar vidros de remédios corretamente é uma obrigação de todos. Para isso, você deve procurar um ponto em sua cidade que faça o recolhimento dos itens. Quem pensa que os frascos podem ser descartados com o lixo orgânico comum, está muito enganado.

Já se tornou um hábito de muitas famílias, algumas por falta de conhecimento mesmo, outras por pura preguiça. Mas é muito comum ver o descarte de vidros de remédios sendo feito de maneira incorreta.

O que fazer para descartar vidros de remédios corretamente

Assim como no descarte de medicamentos vencidos, os vidros e qualquer embalagem de remédio deve ser entregue em pontos de coleta. Geralmente farmácias, postos de saúde ou UBS fazem a coleta deste material. Além dos vidros, você também poderá entregar os blisters de comprimidos, envelopes de medicamentos em pó, etc.

Caso não encontre um ponto de coleta na sua cidade, vá até a Unidade Básica de Saúde mais próxima ou então na Prefeitura da sua cidade e se informe.

Por que não devemos descartar vidros de remédios juntamente com o lixo comum?

Os vidros e demais embalagens de remédios possuem resíduos que em contato com o meio ambiente pode resultar em contaminação, tanto do solo quanto da água.

Ele também pode causar acidentes graves. Muitas pessoas dependem do lixo que é depositado em lixões para sobreviver. Os vidros e cartelas de remédios podem provocar cortes e acidentes totalmente desnecessários.

Uma vez que estas embalagens de remédios são recolhidas nos pontos de coleta, elas são encaminhadas para centros que cuidam do descarte correto. Geralmente, o material é todo incinerado.

E as caixinhas de papelão dos remédios?

As caixinhas que trazem os medicamentos podem ser encaminhadas para reciclagem normalmente. Provavelmente na sua região já existe a coleta seletiva. O material que não tem contato direto com o medicamento pode ser descartado desta forma sem maiores problemas.

Deixe um Comentário