Como descartar tiras de glicose e potinhos

Como descartar tiras de glicose e potinhos? Será que pode jogar no lixo comum ou é considerado lixo tóxico biológico? Já falamos aqui no site sobre o descarte de lancetas e de glicosímetros. Neste post falaremos sobre o descarte consciente das fitas para uso no glicosímetro e seus potinhos, sempre pensando na melhor maneira para não prejudicar o meio ambiente.

Dicas para descartar tiras de glicose e potinhos

Antes de falar sobre as tiras de glicose ou fitas de glicose, vamos falar sobre os potinhos (embalagens) dos produtos. Normalmente são feitos de plástico e papel, produtos que podem ser reciclados. A maioria dos são feitos de polipropileno (número 5 na reciclagem), mesma embalagem utilizada em recipientes de alimentos. Portanto os potinhos das tiras separe junto de outros produtos recicláveis que são recolhidos pela coleta de onde você mora.

No caso das tiras de glicose contaminadas com sangue, elas não estão especificadas no descarte de materiais perfurocortantes e contaminados. Mas podem ser consideradas como perfurocortantes P1, junto de agulhas, lâminas e bisturi, material curativo, entre outros produtos contaminados.

Portanto não devem ser descartadas direto no lixo comum nem jogadas pelo vaso sanitário, pois poderão contaminar o meio ambiente.

As tiras de glicose devem ser armazenadas dentro de recipiente caseiro com tampa, pode utilizar garrafa PET ou algum outro pote plástico com tampa, que seja resistente. Deve ser um recipiente adequado para resíduos biológicos. Vá enchendo o pote até ficar em dois terços de sua capacidade, não deixe encher completamente! Feche bem, se possível passe fita adesiva para não abrir.

Como descartar tiras de glicose e potinhos
Dicas para descartar tiras de glicose e potinhos

Procure local na sua cidade que tenha descarte de materiais biológicos. Algumas farmácias e postos de saúde, possuem recipiente para descarte desses tipos de produtos. Empresas de coletas de lixo de algumas cidades possuem coleta de produtos hospitalar. Qualquer coisa entre em contato com a prefeitura de onde você mora, para saber se existe essa opção.

Se não houver alternativa, deixe o recipiente vedado junto do lixo de cozinha que é levado para o aterro sanitário. É importante que seja descartado bem vedado, para evitar que os profissionais da coleta de lixo entrem em contato com o material contaminado.

Deixe um Comentário