Como descartar resíduos perigosos

Como descartar resíduos perigosos? Quais são os considerados resíduos perigosos ou tóxicos? Qual maneira correta de descartá-los? A seguir trazemos algumas dicas sobre descarte consciente de resíduos perigosos, sempre pensando em evitar ao máximo a destruição do meio ambiente.

Alguns exemplos dos resíduos perigosos ou tóxicos:

Como é feito o descarte dos resíduos perigosos?

Os resíduos perigosos ou tóxicos fazer parte da política de descarte de resíduos sólidos criado pelo Governo Federal e devem ser descartados da forma adequada conforme a Lei.

A maneira de descarte dependerá do tipo de resíduo, alguns deles podem ser reciclados e reaproveitados.

Por exemplo, no caso de resíduos que contenham metais pesados como as pilhas e baterias que contêm mercúrio, chumbo e cádmio. Esses produtos podem sofrer:

  • reciclagem mineralúrgica – as baterias são desmontadas e materiais separados para reaproveitamento.
  • reciclagem hidrometalúrgica – os metais dentro das pilhas são moídos e passam por processo de dissolução em ácido ou base (mas gera resíduos que também precisarão sofrer tratamento).
  • reciclagem pirometalúrgica – pilhas e baterias são submetidas à altas temperaturas e componente metálicos e não metálicos são separados. O mercúrio, zinco, cádmio e outros são destilados e posteriormente condensados gerando um produto final de alta pureza (e não gera resíduo perigoso).
Dicas para descartar resíduos perigosos
Dicas para descartar resíduos perigosos

Outros exemplos são as lâmpadas fluorescentes, que podem ser recicladas para separação dos componentes e substâncias que podem ser utilizados na fabricação de novos produtos. Pneus podem ser reciclados e reutilizados em novas peças, derretidos para utilizar no asfalto ou para produção de combustíveis e gás. Já as embalagens de agrotóxicos podem ser recicladas e transformadas em recipientes para outras substâncias químicas.

Outros produtos que não podem ser reaproveitados costumam sofrer tratamentos térmicos como a incineração, pirólise ou plasma, diminuindo assim o volume do resíduo e sua periculosidade.

Por isso a Política Nacional de Resíduos Sólidos é tão importante, é fundamental que as empresas gerenciem seus resíduos de forma adequada.

Deixe um Comentário